Thatcher não acreditava que Argentina invadiria Malvinas

Atualizado em  28 de dezembro, 2012 - 08:30 (Brasília) 10:30 GMT

Documentos recém-liberados pelo governo da Grã-Bretanha mostram que a ex-primeiro-ministra Margaret Thatcher não acreditava que a Argentina invadiria as Ilhas Malvinas.

A ex-premiê disse que a Argentina não seria o que chamou de ''estúpida o suficiente'' a ponto de invadir as Ilhas Malvinas.

O arquipélago situado ao sul do Oceano Atlântico é um território britânico.

Mas a Argentina reivindicava as ilhas e os dois países acabaram indo à guerra em 1982, pelo controle do território, chamado pelos britânicos de Ilhas Falklands.

Thatcher descreveu o momento em que a invasão estava pretes a ocorrer como o pior de sua vida.

E ela também teria suplicado ao então presidente francês François Miterrand que não vendesse mísseis Exocet ao Peru, pois temia que eles viessem a parar nas mãos dos líderes militares argentinos.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.