Encontro em Moscou traça futuro da Síria

Atualizado em  29 de dezembro, 2012 - 09:19 (Brasília) 11:19 GMT

O enviado internacional das Nações Unidas à Síria, Lakhdar Brahimi, está em Moscou para tentar reativar os esforços diplomáticos para resolver o conflito na Síria.

Os confrontos entre forças do governo sírio, comandado por Bashar al Assad, e de rebeldes que lutam por sua deposição já matou cerca de 40 mil pessoas e fez com que 400 mil abandonassem o país.

Brahimi se reuniu neste sábado com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, para discutir uma proposta para pôr fim ao conflito.

O enviado especial da ONU defende uma transição política seguida de eleições.

A Rússia é um dos principais aliados do presidente sírio, mas recentemente deu início a conversações com os militantes que lutam contra Assad.

Os esforços de Brahimi para alcançar uma solução negociada para encerrar a guerra civil na Síria demonstraram progressos, após conquistas dos opositores do governo.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.