Alemanha investiga escândalo de doação de órgãos

Atualizado em  3 de janeiro, 2013 - 14:42 (Brasília) 16:42 GMT

Promotores da Alemanha estão investigando um escândalo envolvendo a doação de órgãos na cidade de Leipzig, no leste do país.

Três médicos foram suspensos de suas atividades no centro de transplante de órgãos da Clínica Universitária de Leipzig depois de terem sido acusados de manipularem a lista de espera dos receptores.

Segundo a imprensa alemã, 38 pacientes com problemas no fígado foram erradamente diagnosticados com insuficiência renal de modo a agilizar a espera por um transplante.

Especialistas afirmam que o motivo teria sido a competição entre as clínicas de transplante, que está aumentando no país, dado o baixo número de doadores.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.