Conflito na Síria deve ser levado ao TPI, diz Navi Pillay

Atualizado em  19 de janeiro, 2013 - 00:00 (Brasília) 02:00 GMT

A alta comissária de direitos humanos da ONU, Navi Pillay voltou a pedir que o Conselho de Segurança da ONU submeta o conflito na Síria ao TPI (Tribunal Penal Internacional).

As declarações ocorrem no momento em que surgem novas evidências de um massacre na região da cidade de Homs.

Pillay reiterou que ao menos 60 mil pessoas foram mortas no conflito na Síria.

Pelo menos 58 países - inclusive a Grã-Bretanha e a França, membros permanentes do Conselho de Segurança - apoiaram o pedido da comissária.

Os Estados Unidos, a Rússia e a China - que não são parta do TPI - não apoiaram a iniciativa.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.