Acusado de estupro de indiana é considerado menor de idade por tribunal

Atualizado em  28 de janeiro, 2013 - 10:22 (Brasília) 12:22 GMT
Estupro / AP

Um dos suspeitos de estupro de jovem indiana foi considerado menor de idade por tribunal

Um dos suspeitos de estuprar uma jovem indiana de 23 anos no mês passado foi considerado menor de idade por uma corte do país.

O crime chocou a Índia, onde a violência sexual contra mulheres é considerado um problema endêmico.

O tribunal informou que aceitou a data de nascimento do acusado como sendo 4 de junho de 1995.

Com 17 anos, ele teria, portanto, de ser julgado em uma corte específica para menores de idade.

Se condenado, o jovem poderá receber uma pena de, no máximo, três anos de prisão em uma instituição para jovens infratores.

Outros cinco acusados pelo mesmo crime, por outro lado, podem ser condenado à pena de morte.

Segundo a agência de notícias Associated Press, o magistrado responsável pela determinação da idade do menor tomou sua decisão com base em documentos escolares do acusado.

A jovem atacada, que estudava fisioterapia, não teve a identidade divulgada por razões legais na Índia. Ela e um amigo foram agredidos dentro de um ônibus no sul da capital Nova Déli no dia 16 de dezembro do ano passado.

Após uma grave hemorragia interna, a mulher morreu duas semanas depois em um hospital local.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.