Ministro francês diz que Estado está falido

Atualizado em  29 de janeiro, 2013 - 11:11 (Brasília) 13:11 GMT

O ministro do Trabalho da França, Michel Sapin, afirmou que o Estado francês está falido.

Em uma entrevista no rádio, em que explicava a importância de reformas econômicas, Sapin disse que a falta de dinheiro do Estado tornou necessária a implementação de um plano de redução de déficit.

O correspondente da BBC em Paris, Christian Fraser, disse que não está claro se os comentários de Sapin foram um erro ou foram deliberadamente feitos para preparar o público francês para momentos difíceis.

Segundo Fraser, o governo anterior também alertou que o país estava falido, mas que o momento dos comentários do ministro é ruim para o presidente François Hollande, que foi alvo de críticas recentemente nos jornais.

Horas depois, políticos franceses rebateram o comentário do ministro do Trabalho e defenderam a saúde da economia do país.

O ministro das Finanças, Pierre Moscovici, disse que o comentário de Sapin "não foi apropriado".

"A França é um país verdadeiramente solvente (que paga suas dívidas) e verdadeiramente confiável", afirmou.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.