Ministro britânico exorta banqueiros a pagar multa por fraudar Libor

Atualizado em  6 de fevereiro, 2013 - 10:15 (Brasília) 12:15 GMT

O Ministro de Negócios da Grã-Bretanha Vincent Cable disse ontem que os banqueiros que manipularam a taxa básica de juros Libor em um dos maiores escândalos financeiros recentes do país devem ser obrigados a pagar do próprio bolso as multas cobradas por órgãos reguladores americanos e britânicos.

As observações foram feitas em meio a rumores de que o Royal Bank of Scotland (RBS) pode ser multado em até US$ 627 milhões por sua participação no escândalo.

Com a crise financeira internacional, o RBS foi alvo de um pacote de resgate do governo e, por isso, hoje 81% das ações do banco estão nas mãos do Estado.

O receio que tem sido levantado pela imprensa britânica é que o contribuinte do país termine sendo onerado pela multa cobrada em função dos abusos cometidos por funcionários do alto escalão do banco.

Cable disse que a multa deve ser paga com os bônus de funcionários do RBS, mas reconheceu que o governo não tem poderes para obrigar o banco a fazer isso.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.