Áustria e Noruega identificam carne de cavalo ilegal em alimentos

Atualizado em  15 de fevereiro, 2013 - 14:21 (Brasília) 16:21 GMT

A Aústria e a Noruega anunciaram nesta sexta-feira ter identificado carne de cavalo ilegal em produtos alimentícios supostamente feitos à base de carne bovina, aumentando a lista de países europeus que enfrentam o problema.

Nos últimos dias a União Europeia ordenou que todos os países-membros do bloco façam testes de DNA em produtos à base de carne bovina pelos próximos três meses para tentar mapear e conter o escândalo.

O encarregado de saúde do bloco, Tonio Berg, disse que também deve haver testes nas carnes de cavalo para detectar a presença de fenilbutazona, um analgésico indicado para equinos.

O escândalo teve início no Reino Unido semanas atrás, quando descobriu-se que uma linha de hamburgueres ditos bovinos tinham uma porcentagem de carne de cavalo em sua composição, sem que isso fosse mencionado ao consumidor.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.