Kosovo celebra 5 anos de independência em meio a aceno à Sérvia

Atualizado em  17 de fevereiro, 2013 - 13:15 (Brasília) 16:15 GMT

Kosovo comemora neste domingo cinco anos desde sua declaração unilateral de independência em relação à Sérvia, em meio a sinais de progresso nas negociações para normalizar os laços bilaterais, sob mediação da União Europeia.

Segundo a Reuters, as celebrações deste domingo incluem uma parada militar e bandeiras nas ruas. "A República de Kosovo é uma realidade irrefutável e a independência é irreversível", disse em discurso televisionado a presidente Atifete Jahjaga.

Ao mesmo tempo, o premiê e ex-guerrilheiro Hashim Thaci disse que o país está "seriamente comprometido a normalizar as relações com a Sérvia".

De etnia majoritariamente albanesa, Kosovo se declarou independente em 2008, com o apoio de potências ocidentais que haviam patrocinado a campanha da Otan no território em 1999, para conter as forças do então líder sérvio Slobodan Milosevic.

Reconhecido por cerca de metade dos países do mundo (Brasil não incluído na lista), Kosovo ainda não é membro da ONU e se mantém como uma das nações mais pobres da Europa. Seu governo ainda é desafiado por uma minoria sérvia no norte, que rejeita a secessão.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.