Ahmadinejad é criticado por abraçar mãe de Chávez

Atualizado em  10 de março, 2013 - 10:37 (Brasília) 13:37 GMT
Foto: Reuters

Presidente do Irã conforta mãe de Chávez

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, foi criticado em seu país depois da publicação de uma foto em que aparece abraçando a mãe de Hugo Chávez durante o funeral do ex-presidente, na sexta-feira.

Na foto, divulgada por várias agências de notícias internacionais, o presidente iraniano toma a mão de Elena Frías, que coloca a cabeça no ombro de Ahmadinejad.

Políticos iranianos frequentemente evitam o contato físico com as mulheres em público, já que a exibição pública de afeto entre homens e mulheres é vista como adultério na cultura islâmica.

Mohammed Dehghan, parlamentar iraniano, disse, em uma referência implícita a Ahmadinejad, que "tal ato por parte de um alto funcionário do Executivo se opõe ao comportamento de um muçulmano, que é limitado por seus compromissos religiosos", relata a rede de notícias saudita Al Arabiya.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.