Manifestação no Afeganistão pede saída de tropas dos EUA após denúncias

Centenas de manifestantes realizaram neste sábado um protesto em frente ao Parlamento afegão em Cabul para exigir a saída das forças especiais americanas da província estratégica de Wardak.

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, ordenou a todos os comandos americanos que abandonem a província, após a divulgação das acusações de que tanto os americanos na região quanto os afegãos que trabalham para eles estariam envolvidos em casos de desaparecimentos e torturas.

Inicialmente o presidente deu um prazo até o domingo passado para a retirada, mas Karzai concordou posteriormente em dar mais tempo para os líderes militares negociarem a passagem de comando com mais segurança.

A província de Wardak, adjacente à capital, Cabul, é utilizada como uma rota de passagem para o transporte de bombardeiros e armas para a capital.