Ministro francês suspeito de fraude fiscal renuncia

O ministro francês do Orçamento, Jérôme Cahuzac, renunciou nesta terça-feira, depois que autoridades iniciaram uma investigação formal sobre alegações de fraude fiscal.

Cahuzac, cujo trabalho é combater a evasão fiscal, teria supostamente usado uma conta na Suíça para esconder dinheiro das autoridades fiscais de seu país

Quando as alegações foram divulgadas, ele negou ter conta bancária no exterior e ameaçou processar a publicação online que divulgou a notícia inicialmente.

Cahuzac era considerado um membro importante do governo socialista.