Em visita a Israel, Obama sobe o tom em relação ao Irã

Em sua primeira visita oficial a Israel, o presidente americano,Barack Obama, disse que seu país fará o que for necessário para impedir que o Irã obtenha armas nucleares.

Durante uma entrevista ao lado do premiê israelense, Benjamin Netanyahu, Obama também disse que a segurança de Israel era algo "não negociável".

O presidente americano disse que os EUA preferem resolver a questão iraniana diplomaticamente, mas que nenhuma opção havia sido descartada.

Netanyahu reafirmou seu compromisso em relação à solução para o conflito entre Israel e os palestinos.

Outro assunto tratado pelos líderes foi a guerra na Síria. Obama disse que os EUA estão investigando o uso de armas químicas no país, mas disse que está "cético" em relação à acusação do regime de Bashar al-Assad de que os rebeldes estariam usando esse tipo de armamento.

"Uma vez que esclarecermos os fatos, já deixei claro que o uso de armas químicas é algo que muda o cenário (do conflito)", disse Obama.