Bilionário russo Berezovsky provavelmente morreu enforcado, diz polícia

Berezovsky
Image caption Berezovsky era um dos principais críticos do presidente Vladimir Putin

A polícia britânica disse nesta terça-feira que a morte do magnata russo Boris Berezovsky foi "consistente com enforcamento".

O bilionário de 67 anos, que já esteve envolvido em negócios polêmicos e era um dos principais críticos do presidente Vladimir Putin, na Rússia, foi encontrado morto no banheiro de sua casa em Berkshire, nos arredores de Londres.

A polícia disse que não haiva indicações de confronto no local, também não confirmou a hipótese de suicídio.

Os resultados dos testes toxicológicos devem sair nas próximas semanas.