Compras de armas caem 40% no Brasil em seis anos

As compras de armas de fogo no Brasil caíram 40% em um período de seis anos, segundo um levantamento do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

Segundo o instituto, o número total de armas leves adquiridas anualmente caiu de 57 mil em 2003 para 37 mil em 2009.

A redução estaria ligada à adoção do Estatuto do Desarmamento - que dificulta a compra e posse de armas no país - , na opinião de Marcelo Neri, presidente do Ipea e ministro-chefe interino da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.