Superfície congelada na Antártica aumenta, apesar do aquecimento

Na Antártica, o aquecimento global causou um efeito contraditório, um aumento da superfície congelada do mar.

A informação consta em um estudo publicado pela revista Nature Geoscience.

Os responsáveis pelo estudo, cientistas do Real Instituto Heterológico dos Países Baixos, explicaram o fenômeno dizendo que o descongelamento dos grandes blocos libera água muito gelada, que acaba vindo à superfície e congelando novamente.

Observações na região antártica já vinham intrigando os cientistas ao mostrar aumento de 1,9% a cada década na superfície congelada, desde 1985.

O fenômeno que ocorre na Antártica é oposto ao que ocorre no Ártico, onde a superfície congelada vem diminuindo com o aquecimento global.