Com 6 mil mortes, março é mês mais sangrento da guerra na Síria

Mais de 6 mil pessoas morreram em confrontos da guerra civil na Síria no mês de março, informa o Observatório Sírio de Direitos Humanos, ONG baseada em Londres.

De acordo com o grupo, dos 6.005 mortos registrados, 291 foram mulheres, 298 crianças, 1.486 rebeldes e desertores do Exército sírio, e 1.464 soldados do regime.

A ONG acredita que o total de mortos seja muito maior do que a estimativa da ONU, de cerca de 70 mil desde o início dos conflitos, e já esteja, na verdade, próximo dos 120 mil.