Líbano terá premiê pró-Ocidente

A Presidência do Líbano pediu neste sábado que Tammam Salam - membro da oposição pró-Ocidente - seja o novo primeiro-ministro do país.

O sunita Salam, que é ex-ministro da Cultura, recebeu apoio da maioria do Parlamento.

Ele substituirá Najib Mikati, ex-premiê que renunciou no mês passado, pondo fim a um perigoso vácuo de poder.

Entre seus desafios estão conter a contaminação do conflito da vizinha Síria no país, que aprofundou antigas tensões políticas e sectárias no Líbano.