Protesto reúne milhares de estudantes no Chile

Milhares de estudantes participaram nesta quinta-feira de um protesto na capital do Chile, Santiago, para exigir mudanças no modelo educacional vigente no país.

Segundo estimativas oficiais, cerca de 150 mil pessoas reuniram-se em uma das principais avenidas da cidade para reivindicar a gratuidade do ensino e o fim do lucro das entidades educacionais.

Foi a primeira manifestação deste ano convocada conjuntamente pela Confederação dos Estudantes do Chile (Confech), que representa os estudantes universitários, e as entidades de alunos secundaristas.

A passeata também contou com o apoio de sindicatos locais.

O objetivo foi dar um sinal de unidade ao governo, em um momento em que o Chile se prepara para as eleições presidenciais e parlamentares em novembro deste ano.