Europa extingue sanções contra Mianmar e alivia embargo à Síria

A União Europeia suspendeu permanentemente suas sanções a Mianmar – exceto por um embargo de armas. O bloco também decidiu aliviar o bloqueio ao comércio de petróleo com a Síria.

Os chanceleres do bloco comemoraram o que chamam de um novo capítulo nas relações com Mianmar após uma série de reformas implantadas pelo governo local. Contudo eles afirmaram que ainda há muiotos desafios que devem ser enfrentados pelos governantes.

A líder opositora birmanesa Aung San Suu Kyi comemorou o fim das sanções – que ela havia apoiado em sua luta contra o governo militar.

Porém, alguns ativistas de direitos humanos acharam a ação prematura. Eles acusam o governo local de promover limpeza etnica contra muçulmanos Rohingya.

Síria

O bloco também decidiu aliviar suas sanções comerciais à Síria para poder comprar petróleo dos rebeldes. Na prática, as compras poderão ser feitas de várias fontes sírias, desde que sejam autorizadas pela oposição do governo de Bashar Assad.

O governo continua uma ofensiva nos subúrbios de Damasco que tem gerado um elevado número de mortes.

Enquanto isso, o maior grupo de oposição, o Conselho Nacional Sírio apontou George Sabra como seu novo líder. Ele substitui Ahmed Moaz al-Khatib, que renunciou.