Desemprego na Espanha atinge recorde histórico

A taxa de desemprego na Espanha subiu para 27,2% da população economicamente ativa do país no primeiro trimestre de 2013, segundo dados oficiais.

Trata-se da maior taxa já registrada desde o início das medições, em 1976.

O número total de pessoas sem trabalho na Espanha já ultrapassou seis milhões, embora o ritmo de crescimento da taxa de desemprego tenha desacelerado recentemente.

Segundo estimativas do Fundo Monetário Internacional, a economia espanhola deve sofrer uma contração de 1,6% em 2013.

Nesta sexta-feira, o primeiro-ministro Mariano Rajoy deve apresentar uma série de medidas políticas e fiscais para tentar tirar o país da recessão.