Médicos e policiais entram em confronto em Buenos Aires

Protesto de médicos em Buenos Aires
Image caption Protesto de equipes médicas terminou em confronto na Argentina

Buenos Aires foi palco nesta sexta-feira de violentos confrontos entre policiais e equipes médicas, que protestavam contra a iminente demolição de parte de um hospital psiquiátrico.

Imagens de TVs locais mostraram médicos e enfermeiros ensanguentados após serem alvejados com balas de borracha e gás lacrimogêneo.

Relatos dão conta de cerca de 50 feridos no incidente.

O prefeito da capital argentina, Mauricio Macri, disse que a polícia respondeu a pedras atiradas pelos manifestantes.