Donos de fábricas em prédio que caiu em Bangladesh se entregam à polícia

Dois proprietários de fábricas de roupas no prédio que caiu na última semana na periferia da capital de Bangladesh, Daca, se entregaram neste sábado à polícia.

Mahbubur Rahman Tapas e Balzul Samad Adnan são acusados de forçar os empregados a trabalhar no prédio de oito andares, ignorando as advertências sobre rachaduras.

Ao menos 336 pessoas morreram após o desabamento, na quarta-feira. Dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas sob os escombros.

Na manhã deste sábado, ao menos 24 pessoas foram retiradas com vida do local.