Gritos racistas interrompem partida de futebol na Itália

Uma partida de futebol entre Milan e Roma teve de ser temporariamente interrompida neste domingo, por conta de gritos racistas da torcida.

O jogo, da série A do campeonato italiano, foi parado pelo juiz no início do segundo tempo, quando torcedores do Roma (time visitante) começaram a xingar jogadores negros do adversário, incluindo o italiano Mario Balotelli.

O capitão do Roma, Francesco Toti, se queixou ao juiz e gesticulou aos torcedores, pedindo que parassem.

A partida foi continuada pouco depois.

A Federação Italiana de Futebol já criou novas regras para combater o racismo, depois que o meio-campista Kevin-Prin Boateng, do Milan, abandonou o gramado com seus colegas de equipe em reação a ofensas racistas proferidas durante um amistoso.