Eleitores vão às urnas no Paquistão em pleito marcado por violência

Os eleitores do Paquistão estão indo às urnas na eleição geral deste final de semana.

A campanha foi marcada por cenas de violência.

O comitê eleitoral do país disse que o comparecimento foi grande e que as urnas ficariam abertas por uma hora a mais, para permitir que todos os que estão fazendo filas para votar possam registrar seus votos.

Houve vários incidentes de violência ao longo da votação neste final de semana, inclusive uma bomba que explodiu em uma das principais cidades do país, Karachi, matando 11 pessoas e ferindo outras 40, em frente à sede do Partido Nacional Awami.

A votação marca a primeira vez na história do Paquistão em que um governo eleito é seguido por outro governo escolhido nas urnas.

Os favoritos na disputa são os partidos Liga Muçulmana do Paquistão, do ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif, e Movimento por Justiça, do ex-jogador de críquete Imran Khan.