Copa América deixa Buenos Aires de lado

Atualizado em  1 de julho, 2011 - 14:57 (Brasília) 17:57 GMT

Player

Federação argentina distribuiu jogos pelo interior do país, deixando apenas final na capital.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Para quem passeia na capital da Argentina, Buenos Aires, é difícil perceber que a Copa América – o mais importante torneio de futebol do continente – começa no país nesta sexta-feira.

Ao longo da Avenida Corrientes, uma das ruas mais movimentadas da cidade, nada de anúncios ou referências ao torneio.

O motivo para a ausência é a decisão do comitê organizador de descentralizar o futebol no país, levando as seleções sul-americanas às províncias, já que os principais times do país são portenhos.

Só a grande final acontecerá na capital, no Estádio Monumental de Nuñez, do recém-rebaixado River Plate.

Mas, pelo menos em um dos mais tradicionais bares de futebol da cidade, o El Banderín, ninguém reclama.

Torcedores dizem que vai ser bom para a infraestrutura das províncias e que é bom dividir com o país, uma vez que a cidade já concentra demais o futebol argentino.

Todos torcem para que, pelo menos na final, possam ver o seu time ao vivo.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.