Grã-Bretanha apreende 1 bilhão de libras em bens de criminosos em 2010

Atualizado em  28 de julho, 2011 - 15:47 (Brasília) 18:47 GMT

Player

Apreensões bateram recorde no ano passado; governo anuncia nova estratégia de combate ao crime.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

A polícia da Grã-Bretanha apreendeu 1 bilhão de libras (cerca de R$ 2,5 bilhões) em bens do crime organizado em 2010.

A informação foi divulgada junto com uma nova estratégia para enfrentar o crime organizado na Inglaterra e no País de Gales.

Segundo o governo, 2010 foi o ano em que a polícia apreendeu mais bens de gangues criminosas na Grã-Bretanha, incluindo imóveis.

Em um depósito da cidade de Leicestershire, os policiais apresentaram alguns dos carros de luxo, motos, joias, roupas e sapatos apreendidos no ano passado.

Carros apreendidos em depósito de Leicestershire (BBC)

Carros apreendidos em depósito de Leicestershire (BBC)

Tradicionalmente, o tráfico de drogas é o que fornece a maior parte da riqueza aos grupos criminosos.

No entanto, as quadrilhas praticam cada vez mais tráfico humano, roubos de veículos em larga escala e crimes financeiros, o que inclui fraudes em cartões de crédito e seguros.

"Os criminosos estão manipulando todo tipo de sistema, até mesmo fraudes com hipotecas, fraudes corporativas, falsificação de identidade", diz o detetive do setor de crimes financeiros de Leicestershire Paul Wenlock

"Eles estão usando cada vez mais a internet, porque é um sistema global."

Os ministros britânicos prometem dar mais poderes para a polícia perseguir e confiscar bens de criminosos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.