Argentino que cochilava no quarto escapa de ultraleve que caiu no telhado

Atualizado em  12 de outubro, 2011 - 15:42 (Brasília) 18:42 GMT

Player

Roberto Mendez escapou vivo apesar de pequena aeronave ter atravessado telhado de sua casa.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Um ultraleve caiu em cima da casa de um argentino, interrompendo seu cochilo da tarde.

Roberto Osvaldo Mendez dormia em seu quarto, no segundo andar da casa, na Província de Santa Fé, quando a pequena aeronave atravessou o telhado.

Mendez contou que, se o avião tivesse caído um pouco mais para o meio do telhado da casa, ele provavelmente teria sido atingido enquanto fazia a sesta.

Ultraleve em cima da casa de Roberto Mendez, na Argentina (BBC)

Ultraleve atingiu e destruiu telhado de casa na Argentina

Quando viu o que tinha acontecido, Mendez saiu correndo do quarto. Ele voltou em seguida e viu que a gasolina do avião se espalhava por todo o aposento. Por isso, ele decidiu desligar a eletricidade da casa, para evitar que o combustível se incendiasse.

Ao voltar para o quarto, Mendez viu duas pessoas saindo do ultraleve, o piloto, Guillermo Thomas, de 59 anos, e o passageiro, Remilly Molini, de 53. Apenas Molini tinha ferimentos leves.

A casa foi isolada pelos bombeiros e pode desabar devido aos danos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.