Protestos e violência marcam greve geral na Grécia

Atualizado em  19 de outubro, 2011 - 17:27 (Brasília) 19:27 GMT

Player

País vive paralisação por conta de oposição popular às medidas de austeridade impostas pelo governo.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Dezenas de milhares de gregos foram às ruas de Atenas nesta quarta-feira, em mais um protesto contra as medidas de austeridade impostas pelo governo para conter o endividamento do país, em risco crescente de ter de declarar uma moratória.

Nesta quarta, o Parlamento grego deu aval para a implementação de mais cortes de gastos públicos.

Protestos em Atenas

Gregos se opõem às medidas de austeridade implementadas pelo governo

No primeiro dia de uma greve geral de 48 horas, houve conflitos entre policiais e manifestantes, que atiraram bombas caseiras e pedras nas tropas de choque.

Os policiais, por sua vez, responderam lançando bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes.

Grande parte da população grega se opõe aos cortes de postos de trabalho e ao aumento de taxas, que estão entre as medidas aplicadas pelo governo para diminuir a altíssima dívida pública do país.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.