A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Robô-prancha monitora tubarões no Pacífico

O robô Wave Glider, alimentado por energia solar e parecido com uma prancha de surfe, vem sendo usado por cientistas para monitorar a fauna marinha do Oceano Pacífico.

Direito de imagem Universidade de Stanford
Image caption O equipamento é capaz de detectar tubarões a mais de 330m de profundidade

Biólogos da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, usam o equipamento para detectar a presença de animais próximos à costa norte de San Francisco.

O robô consegue captar sinais emitidos por tubarões que circulam a mais de 330 metros de profundidade e envia a sua localização exata aos cientistas via satélite.

Cientistas acreditam que este seja um passo fundamental na direção do que chamam de "oceano interconectado", quer dizer, um mar em cheio de receptores robóticos móveis, conectados a estações receptoras e transmissoras de dados.