A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Direto dos EUA: Tirando o pulso de Obama

O escândalo na Receita Federal americana, que levou à demissão do chefe do órgão, Steve Miller, ajudou a complicar a posição do governo do presidente Barack Obama, que alguns analistas americanos já estavam considerando na defensiva.

Image caption Para analistas, presidente dá mostras de ter perdido a direção da agenda política do país

Para eles, com apenas seis meses de segundo mandato, o presidente já dá indicações de ter perdido a direção da agenda política do país.

O projeto de controle das armas, uma iniciativa da Casa Branca, naufragou no Congresso, assim como a tentativa de evitar o corte brusco dos gastos do governo – que acabaram entrando em vigor.

O escândalos a respeito da prisão de Guantánamo e do ataque ao consulado americano em Benghazi, na Líbia, no ano passado, também continuam "assombrando" Obama.

O comentário é do correspondente da BBC Brasil em Washington, Pablo Uchoa.