Túneis do tempo: as 'fantasmagóricas' estações de metrô fechadas de Londres

Cerca de 40 foram abandonadas, mas preservam visual de plataformas e bilheterias de décadas passadas.

Transporte da cidade estima existência de cerca de 40 estações sem uso; algumas são tombadas
Legenda da foto,

As plataformas e bilheterias vazias de estações abandonadas do metrô de Londres fascinam fotógrafos e cineastas.Acima, estação de Aldwych. (Foto: Nick Lockey)

Legenda da foto,

E existem muitas destas abaixo da superfície da capital britânica. Elas foram fechadas, mas não foram demolidas. Acima, uma das paredes da estação de Aldwych.(Foto: Emma Wright/Editorialgirl).

Legenda da foto,

É possível visitar algumas das antigas plataformas, cujos cartazes de propaganda foram deixados nas paredes. Acima, visitantes em estação abandonada.

Legenda da foto,

A estação de Aldwych, que operou entre 1907 e 1994, está na lista de construções britânicas tombadas. O local já apareceu em vários filmes, às vezes se passando por outras estações do metrô de Londres. Acima, bilheteria na estação de Aldwych. (Foto: Christopher Westcott).

Legenda da foto,

Aldwych já foi usada também como depósito para as obras da coleção da National Gallery durante a Primeira Guerra Mundial e, durante a Segunda Guerra Mundial foi o local onde foram guardados os Mármores de Elgin, as esculturas que decoravam o Partenon na Grécia – abrigadas há quase 200 anos no Museu Britânico, em Londres. Acima, local de compra de passagens na estação de Aldwych. (Foto: Christopher Westcott).

Legenda da foto,

A Companhia de Transportes de Londres não sabe o número exato de estações de metrô sem uso na capital britânica, mas afirma que são "cerca de 40". Acima, Plataforma e cartazes antigos na estação de Aldwych. (Foto: Christopher Westcott).

Legenda da foto,

Algumas das estações fechadas foram, na verdade, mudadas de local, por isso, seus nomes continuam em uso. Acima, sinal de saída da estação de Aldwych.

Legenda da foto,

Estações em desuso já foram usadas como abrigos durante os bombardeios contra Londres, na Segunda Guerra Mundial. Uma destas, Brompton Road, foi vendida para o Ministério de Guerra em 1938 e é usada nos dias de hoje pelo Ministério da Defesa. Acima, plataforma na estação de Aldwych. (Foto: Christopher Westcott).

Legenda da foto,

Equipes de filmagens de televisão e cinema costumam frequentar estas estações. Mas o público raramente tem a chance de passear por estes locais. Foto: um velho cartaz na estação de Aldwych. (Foto: Emma Wright/Editorialgirl).

Legenda da foto,

No entanto, um empresário de Londres Ajit Chambers, disse que conseguiu o apoio financeiro para transformar 26 destas estações em atrações turísticas e espaços para eventos. Acima, cartaz de alerta danificado na estação de Aldwych. (Foto: Emma Wrigh/Editorialgirl)