Mineiro chora ao ser resgatado em Soma, Turquia. Foto: BBC
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Familiares varam madrugada por notícias de mais de 400 soterrados na Turquia

Uma explosão em uma mina no leste da Turquia deixou ao menos 201 operários mortos e 80 feridos.

Image caption Sobreviventes choram ao descobrir que colegas e amigos não conseguiram escapar

O total de fatalidades ainda não é definitivo e pode ser revisto nas próximas horas. Centenas de pessoas ainda estão soterradas, e as equipes de resgate trabalham para retirá-las de lá.

Segundo o ministro de Energia turco, Taner Yildiz, 787 pessoas trabalhavam dentro da mina no momento da explosão.

Até o momento, 427 ainda estão desaparecidos e podem estar presos sob os escombros.

Falha elétrica

A explosão ocorreu durante a troca de turno em uma mina privada na cidade de Soma, na província de Manisa, a cerca de 450 quilômetros da capital Ancara.

Segundo o governo, uma falha elétrica causou o acidente, gerando ainda uma queda de energia que impediu que os elevadores fossem usados pelos operários.

A empresa que administra a mina disse estar investigando o acidente, mas afirmou que a explosão ocorreu apesar de terem sido tomadas "a melhores medidas e controles de segurança".

Os sobreviventes estariam presos a cerca de quatro quilômetros da entrada da mina, a cerca de dois quilômetros de profundidade.

Oxigênio está sendo bombeado para o interior garantir que os operários não morram sufocados.

Uma grande multidão formada por familiares dos operários aguarda por notícias do lado de fora da mina.

A mãe de um dos mineiros que está no local acompanhando os trabalhos disse que passou a tarde inteira esperando notícias do filho.

"Ainda não fiquei sabendo de nada sobre ele", disse Sena Isbiler à agência de notícias AFP.

O premiê turco, Recep Tayyip Erdogan, adiou uma viagem à Albânia para acompanhar os resgates.

Histórico

A Turquia não tem um bom histórico de segurança no trabalho de mineração.

Segundo analistas, a Turquia registra mais acidentes do que a maioria dos países industrializados.

Há quatro anos, 30 pessoas morreram em uma explosão em uma mina na cidade de Zonguldak.

O pior desastre ocorreu em 1992, quando 270 operários morreram.