Evandro martins (foto: BBC)
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Salário, casa e segurança ajudam na luta contra o crack

O músico Evandro Martins, de 28 anos, é um 422 participantes do programa da prefeitura “De Braços Abertos” – que fornece apoio para usuários de drogas da Cracolândia do centro de São Paulo.

Ele afirma que teve contato com o crack quando começava sua carreira de músico na noite paulistana. Teve uma série de melhoras e recaídas até ir viver definitivamente na rua, na Cracolândia, no último mês de fevereiro.

Ao ver os colegas de rua se inscrevendo no programa decidiu participar. Hoje diz que a segurança de ter uma salário semanal para realizar trabalhos como varrição de ruas e organização de uma biblioteca fazem a diferença – assim como ter um endereço fixo em um hotel pago pela prefeitura.

Parte do dinheiro do salário ainda é gasta em drogas, consumo que ele tenta diminuir gradualmente. Porém Martins diz que já consegue juntar dinheiro e visitar a família em Santos.

Ele é um exemplo do que a prefeitura chama de redução de danos – tentar fazer o usuário de drogas a trabalhar, ter uma rotina, compromissos, endereço sem a exigência de deixar as drogas abruptamente.