Sobrevivente de massacre no Iraque (BBC)
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Iraquiano fuzilado ‘se arrastou’ para sair de pilha de corpos

Image caption Rafed Said Amu se recupera no hospital

Rafed Said Amu sobreviveu a um massacre no norte do Iraque.

O grupo extremista Estado Islâmico fuzilou ao menos 80 pessoas que viviam em seu vilarejo.

Ainda no hospital, onde se recupera dos cinco tiros que levou, ele concedeu uma entrevista à repórter da BBC Yalda Hakim.

Em seu depoimento, Amu conta como conseguiu escapar da morte pelas mãos dos militantes.