Foto: Luís Martins
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Para maior sucesso do rock de Lisboa, gerúndio ajuda a cantar em português

Ao longo das próximas duas semanas, a BBC Brasil apresentará novos artistas da cena musical de Lisboa. O jornalista Rodrigo Pinto foi à capital portuguesa para investigar por que há tanto interesse internacional na música produzida na cidade.

Os artistas destacados ajudaram a renovar e atrair atenção para gêneros como fado, kuduro e até rock’n roll.

Leia mais: BBC apresenta destaques da nova música portuguesa

Leia mais: Após vencer 'The Voice' de Portugal, Sara Tavares larga gospel e volta às origens

Leia mais: Buraka Som Sistema, a ponte entre Luanda e Jean-Claude Van Damme

Leia mais: Bruno Pernadas, o 'alien' da nova música portuguesa

Leia mais: João Gilberto corre nas veias de António Zambujo

Leia mais: Grupo português quer 'roubar' Carmen Miranda do Brasil

Leia mais: Você já ouviu falar em baterias siamesas? Conheça o grupo Paus

Leia mais: Filho da Mãe, o instrumentista que une clássico e rock

Aos 11 anos de carreira, Linda Martini é provavelmente a mais popular jovem banda de rock de Portugal.

O grupo conquistou seu público cantando em português, embora muitas das novas bandas de Lisboa prefiram o inglês, que rende mais chances de acesso a outros mercados europeus.

"Quando começamos, decidimos cantar em português, o que não era comum. Não havia bandas de rock contemporâneo, com elementos experimentais e de noise, cantando em português", lembra André Henriques, guitarrista e compositor da banda.

André diz que foi importante "arredondar" o português falado em Portugal para dar mais naturalidade ao rock produzido pelo grupo.

"O português do Brasil tem o gerúndio, que nos habituamos a ouvir, mas aqui não era assim", compara.

A baixista Claudia Guerreiro afirma, porém, que exportar o rock português é mais difícil que em relação a gêneros tradicionais, como o fado.

"Nos demais países, ninguém precisa de rock português. Mas para nós é natural, é aquilo que crescemos ouvindo", comenta ela.

Mas o Linda Martini - ou "os Linda Martini", como os portugueses se referem a conjuntos - estão muito bem em casa, obrigado.

No ano passado, o álbum Turbo Lento, terceiro da banda, foi eleito disco do ano pelos leitores da revista Blitz, uma referência em Portugal, e ficou em primeiro lugar em execução no iTunes e no Spotify locais.

A banda também participou do Rock in Rio Lisboa, em junho de 2014.