Instituto Vida Livre
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Imagens mostram tucano com novo bico

Um tucano fêmea do bico preto que perdeu parte do bico após ser vítima de maus tratos, recebeu uma prótese feita em uma impressora 3D.

O animal, que recebeu o nome de Tieta, foi resgatado em uma feira de venda ilegal de animais silvestres e entregue ao Ibama já com o bico avariado.

A implantação da prótese foi coordenada pelo Instituto Vida Livre, que trabalha com gestão de fauna silvestre e reabilitação. Três universidades e outras instituições estiveram envolvidas no projeto.

A prótese foi feita de plástico ABS (Acrilonitrila Butadieno Estireno) e recoberta com esmalte e resina feita a partir da mamona. O novo bico, que pesa cerca de 4g, levou duas horas para ser impresso.

Além de fazer com que a tucana se alimente sozinha, a prótese torna possível que ela realize a impermeabilização das penas - e, no futuro, alimente seus filhotes.