A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Bugios voltam a habitar Parque da Tijuca após mais de cem anos

Um grupo de quatro bugios começou a habitar, neste mês de setembro, o Parque Nacional da Tijuca, no coração do Rio de Janeiro.

Essa espécie de primata estava ausente das matas da Tijuca havia mais de cem anos.

Eles começaram essa nova etapa hesitantes, mas logo partiram para explorar as árvores.

O programa de repovoamento da fauna é realizado por pesquisadores da UFRJ.

Animais de porte médio e grande como os bugios são importantes para os ecossistemas porque ajudam a dispersar sementes e têm um papel significativo na nutrição do solo, favorecendo a reprodução das árvores.