BBC
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Como o Talebã volta a conquistar espaço no Afeganistão

A recente retomada de controle de uma das maiores cidades do Afeganistão, Kunduz, representou uma grande conquista para o Talebã após um período de ostensiva presença norte-americana e, mais recentemente, em tempos de expansão do grupo extremista autointitulado "Estado Islâmico" (EI) no país asiático.

Kunduz é um ponto econômico estratégico no norte afegão, ligado a Cabul por rodovias e próximo às fronteiras com o Uzbequistão e o Tajiquistão – sendo esta última rota muito usada para o contrabando de ópio e heroína para a Ásia Central, de onde os entorpecentes seguem para a Europa.

Além disso, é uma conquista simbólica, por se tratar de um reduto-chave para o Talebã na região antes de 2001 (ano da invasão americana). A cidade sofre hoje com a má governança e a corrupção, problemas que extremistas prometem combater – uma bandeira, aliás, que ajudou a levá-los ao poder do país duas décadas atrás.

Segundo estimativas, Kunduz tem cerca de 300 mil habitantes, mas esse número pode ser menor porque várias pessoas foram obrigadas a deixar a cidade por causa do conflito local.

Entenda, no vídeo, o que ajudou o Talebã a conseguir essa vitória.