BBC
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Após fechamento de fronteira, refugiados enfrentam frio e mar de lama em 'terra de ninguém'

A Croácia fechou sua fronteira com a Sérvia, deixando cerca de 3 mil refugiados em meio à lama e o frio.

Os países dos Bálcãs enfrentam dificuldades para lidar com o fluxo de refugiados e imigrantes que chegam à Europa, na maior crise desde a Segunda Guerra Mundial.

A maioria tenta atravessar a região para chegar a países do norte da Europa, especialmente Alemanha e Suécia. Muitos vêm de países em guerra, como Síria, Afeganistão e da África.

A Agência de Refugiados da Organização das Nações Unidas descreveu a situação como "precária".

Na noite de segunda-feira, a Croácia reabriu sua fronteira, permitindo a passagem dos refugiados.