A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Como consegui meu espaçozinho no mundo do mangá japonês

O desenhista brasileiro Angelo Vasconcelos Levy, 33, ganha pouco, trabalha muito, mas não reclama. Essa é a realidade que enfrenta no Japão desenhista de mangá, as histórias em quadrinhos típicas do país.

Há pouco mais de nove anos ele trocou Belo Horizonte (MG) pela capital japonesa e, depois de tanto insistir, ele finalmente conseguiu entrar no concorrido mercado de quadrinhos.

Conheça um pouco da história dele.

Vídeo reportagem: Ewerthon Tobace e Ulysses Chalega