AP
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Repórter israelense é esfaqueado em demonstração de colete antiesfaqueamento

Um jornalista israelense foi esfaqueado acidentalmente durante a demonstração de um colete à prova de facadas para uma reportagem de TV.

A empresa pediu que o Eitam Lachover, do Channel 1 de Israel, usasse o colete para ser submetido a facadas dadas por um vice-presidente da companhia em frente às câmeras.

Mas a faca atravessou o colete e ele sofreu um corte leve em suas costas. Ele teve que levar pontos.

Soldados israelenses devem passar a usar o mesmo colete devido à recente onda de violência com facas envolvendo israelenses e palestinos.

Yaniv Montakyo, o vice-presidente que deu a facada, disse ao Channel 2 de Israel que havia, sem querer, atingido o repórter em uma parte do colete em que não havia material de proteção. As câmaras já tinham registrado, antes, uma tentativa que havia dado certo.

Linda Bar, porta-voz do Channel 1, emissora pública de Israel, disse que a reportagem seria veiculada na quarta-feira apesar do incidente.

Lachover disse pelo Twitter que teve alta do hospital após levar pontos.