A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Russo recebe aval para usar escorredor de macarrão em foto de documento

Andrei Firin, um fiel da chamada Igreja do Monstro Espaguete Voador, conseguiu autorização, na Rússia, para usar um escorredor de macarrão em sua foto da carteira de motorista.

O "pastafari", como se autodenominam os fiéis da igreja, é o primeiro cidadão russo a conseguir tal proeza. Ele é a quinta pessoa no mundo a usar o apetrecho em um documento oficial.

O precursor desta briga foi um austríaco, que, em 2011, ganhou a mesma permissão alegando se tratar de um "chapéu religioso".

Outra vitória da religião foi conquistar, na Nova Zelândia, o direito de realizar casamentos no país.

Fiéis da Igreja do Monstro Espaguete Voador acreditam que o mundo foi criado por uma criatura alada feita de espaguete e almôndegas de carne, embora o próprio site da igreja assinale que alguns deles consideram a doutrina uma "brincadeira".