A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

2015: O ano de extremos climáticos

O ano de 2015 foi de extremos climáticos em diversas partes do mundo: dos Estados Unidos ao Japão, os países de alguma forma sentiram os efeitos do aquecimento global.

No Brasil, esses extremos foram sentidos tanto em regiões com secas fortes, chuvas em excesso e altas temperaturas.

Na Indonésia e nos Estados Unidos, o calor intenso causou ondas de incêndio; chuvas torrenciais provocaram enchentes e inundações do Caribe ao Japão; e, na África, o calor também ocasionou seca, em função do fenômeno El Niño e de gases do efeito estufa.