A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Na Arábia Saudita, centro tenta ‘desradicalizar’ jihadistas

Na Arábia Saudita, uma das iniciativas implementadas para enfrentar o extremismo passa longe dos campos de batalha.

O país tem um centro no qual jihadistas passam por uma espécie de "reabilitação" após saírem da cadeia.

O local recebe ex-combatentes da Al-Qaeda e do grupo autoproclamado Estado Islâmico. A estratégia para recuperá-los envolve aulas e práticas esportivas, e inclui dias folga e visitas conjugais.

Eles só são definitivamente liberados caso mudem seu modo de pensar e agir, segundo os responsáveis pelo serviço - que dizem que a taxa de recuperação é alta.

Mas há exemplos de ex-internos que voltaram a integrar os grupos extremistas após deixar o centro.

Para especialistas, a medida é criativa, mas não necessariamente funcionará com todos.