BBC
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Cameron causa saia justa ao ser flagrado falando com a rainha sobre 'países mais corruptos do mundo'

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, descreveu a Nigéria e o Afeganistão como "fantasticamente corruptos" em uma conversa com a rainha Elizabeth 2ª.

Cameron estava falando sobre um encontro anticorrupção marcado para esta semana em Londres.

"Temos líderes de alguns países fantasticamente corruptos vindo para a Grã-Bretanha... Nigéria e Afeganistão, possivelmente os os dois países mais corruptos do mundo", disse ele.

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, eleito no ano passado após prometer combater a corrupção, se disse "chocado".

E uma autoridade do Afeganistão disse que a descrição era "injusta".

No ranking de percepção de corrupção da Transparência Internacional de 2015, o Afeganistão ficou em 167º, à frente de Somália e Coreia do Norte, enquanto a Nigéria ocupa a 136ª posição.

O Brasil está em 76º.

Rainha

Em outro evento, a rainha Elizabeth também fez comentários que podem lhe causar problemas diplomáticos.

Ela disse que autoridades chinesas forma "muito grosseiras" durante a visita de Estado do presidente Xi Jinping ao Reino Unido.

A rainha estava conversando com a pessoa responsável pela segurança da visita.

O Palácio de Buckingham disse que a visita foi "extremamente bem-sucedida". O encontro fazia parte da política britânica para tentar conseguir mais investimentos chineses.